guiabrasilimoveis.com.br

Warning: file_get_contents(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/gbimoveis/public_html/index.php on line 31

Warning: file_get_contents(http://www.clicarimoveis.com.br/_clicar.php): failed to open stream: php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/gbimoveis/public_html/index.php on line 31


    GUIA BRASIL IMOVEIS ensina a selecionar os melhores imóveis;
    GUIA BRASIL IMOVEIS traz uma variedade de imóveis no Brasil para você;
    GUIA BRASIL IMOVEIS é escrito por quem entende do mercado de imóveis


    Confira a seguir os links selecionados pela nossa equipe:


  • Casas Financiadas à Venda - MercadoLivre Brasil
    +40 itens - Encontre 156 anúncios para Casas Financiadas em Venda ...
    imoveis.mercadolivre.com.br/venda/casas-financiadas



  • Maurício França Imóveis em Peruíbe | Imóveis financiados
    +170 itens - Imobiliária em Peruíbe, imóveis para financiamento.
    www.mfranca.com.br/financiamentos.php



  • Imóveis à venda - Caixa Econômica Federal
    Selecione o local que você quer o imóvel: Arquivo com lista completa de imóveis. Estado. AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI ...
    www1.caixa.gov.br/simov?



  • Casas Financiadas Caixa Sorocaba | Mitula Imóveis
    Temos 4 casas venda. Casas com fotos em sua pesquisa casas financiadas caixa sorocaba.
    imoveis.mitula.com.br/imoveis/casas-financiadas-caixa-sorocaba



  • Financiados - Trovit
    Encontre Imóveis para venda com o melhor preço. Temos 2302 Imóveis para venda para a sua busca financiados, com preços a partir de R$105.400.
    imoveis.trovit.com.br/financiados?



  • CBN - Mauro Halfeld - Comprar imóveis financiados com ...
    24/04/2014 - Comprar imóveis financiados com juros reduzidos é uma boa opção para quem não consegue poupar. Contudo, o grande desafio é encontrar ...
    cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/mauro-halfeld/2014/04/24/COMPRAR-IMOVEIS-FINANCIADOS-COM-JUROS-REDUZIDOS-E-UMA-BOA-OPCAO-PARA-QUEM-NAO-CONSEGU.htm



  • Imoveis financiados da caixa São Paulo - Venda - Casas e ...
    Imoveis financiados da caixa São Paulo - Venda - Casas e Apartamentos São ...
    cidadesaopaulo.olx.com.br/q/imoveis-financiados-da-caixa/c-367



  • Casa Goiania Financiada - 891 Casas em Goiânia da ...
    Casa Goiania Financiada de R$ 105.000, 37 casas com preço reduzido! Ótima Oportunidade! Linda Casa para Venda, com 3 Quartos, por R... Casa Goiania ...
    www.nuroa.com.br/venda/casa-goiania-financiada



  • Como funciona o financiamento da casa própria ?

    Quando uma pessoa compra um imóvel, uma casa ou apartamento novo ou usado pode financiar o pagamento. Os financiamentos são realizados pelos bancos, que pagam ao vendedor do imóvel a quantia que quem compra quer financiar. A partir daí, o comprador deve pagar o banco que quitou sua dívida.

    Durante esse período, o imóvel fica ligado à pessoa que fez a compra, mas não pode ser negociado enquanto a dívida com o banco não é paga.

    Condições de financiamento

    Diversos bancos oferecem financiamentos. O que os diferencia são as condições de pagamento, como as taxas de juros cobradas, a duração dos contratos e quanto do valor do imóvel pode ser financiado.

    Depois de escolhido um deles, o primeiro passo é ir até uma agência e conversar com um gerente para iniciar as etapas que permitirão a liberação de dinheiro (crédito).

    Documentos

    Nesse primeiro momento, será necessário entregar originais e cópias do RG e CPF (do casal, quando for o caso), dos comprovantes de estado civil e de renda (holerites, extratos bancários e declaração completa de imposto de renda do casal, quando for o caso).

    Autônomos podem comprovar renda por meio do contrato de prestação de serviços, declaração do Imposto de Renda, declaração do sindicato da categoria, recibo de recebimento por trabalhos prestados ou uma Declaração Comprobatória de Recepção de Rendimentos (Decore), feita por contador.

    Além disso, trabalhadores rurais, ambulantes, diaristas, barbeiros, cabeleireiros, doceiras, entre outros que não tenham conta em banco, devem preencher uma ficha de cadastro sob orientação do gerente, que irá informar em cada caso quais são os documentos necessários.

    A comprovação de renda do comprador indicará sua capacidade de pagamento das prestações, pois o valor delas não pode ser maior que 30% da renda familiar bruta.

    Além disso, também é feita uma análise cadastral, que consiste na verificação de nome no Serasa ou no SPC (Serviço de Proteção ao Crédito). Não havendo problemas, é aprovada a liberação de crédito com um período de validade que varia de acordo com o banco (o dinheiro não é liberado nesse momento).

    Avaliação do imóvel

    Depois disso, o banco, por meio de uma empresa, engenheiro ou arquiteto, realiza a avaliação do imóvel a ser financiado para confirmar o seu valor.

    A partir daí, o banco elabora o contrato e pede que comprador e vendedor assinem o documento. O contrato deve ser registrado em cartório e levado à agência bancária. Depois disso, é liberado o crédito, e o vendedor é pago. Com isso, o comprador começa a pagar as prestações mensais para quitar sua dívida com o banco.

    Tipos de financiamento

    Os financiamentos para compra de casa ou apartamento novo ou usado podem ser realizados com a utilização de recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Há ainda a opção de financiamento direto com a construtora.

    Financiamentos pelo FGTS

    O financiamento com a utilização de recursos do FGTS faz parte do Sistema Financeiro de Habitação (SFH). O valor do imóvel e o do financiamento têm limites que variam periodicamente.

    Só podem participar pessoas com uma determinada renda familiar máxima, valor que varia de acordo com a região do país.

    As taxas de juros cobradas nesse caso também são mais baixas que no SBPE, devendo obedecer a um limite.

    Clique nos itens abaixo para ter informações atualizadas:

    - Financiamento de imóvel novo

    - Financiamento de imóvel usado

    Financiamentos pelo SBPE

    No SBPE (Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo), não há limite de renda. Além disso, quando o valor do imóvel financiado está nos limites do SFH, as taxas de juros não podem ser superiores a 12% ao ano. Quando o financiamento é realizado pelo SBPE, mas fora dos limites do SFH, essas taxas de juros podem ser maiores que 12%.

    Clique nos itens a seguir para ver as características do financiamento pelo SBPE:

    Financiamento de imóvel novo

    Financiamento de imóvel usado

    Construtoras

    Os financiamentos feitos diretamente com as construtoras oferecem maior flexibilidade de negociação. Não há imposição de limites sobre os valores financiados, renda ou taxas de juros. Porém, nessa modalidade, existem riscos muito maiores para os compradores.

    As empresas podem financiar a construção da casa ou apartamento com algum banco. Nesse caso, o imóvel comprado está hipotecado a esse banco. Isso significa que, se a empresa falir e deixar uma dívida com esta instituição financeira, o consumidor pode perder a casa.

    Em alguns casos, o comprador quita o imóvel com a construtora, mas o bem continua hipotecado. Ainda que quitada a dívida, é importante exigir que a construtora tire o imóvel da hipoteca, se for esse o caso.

    A comprovação disso, chamada certidão de ônus reais, pode ser obtida em qualquer cartório. Para retirá-la, é preciso informar o endereço da casa ou apartamento. Se a empresa falir, e o banco quiser o imóvel como pagamento, a certidão é o comprovante que o comprador tem para se proteger.

    Além disso, a construtora pode falir antes do término da obra e deixar a pessoa que iniciou o financiamento sem imóvel. Por isso, antes de entrar em um financiamento deste tipo, é importante visitar outros empreendimentos da construtora e verificar se ela tem alguma irregularidade com a Justiça.

    Quais as diferenças entre os tipos de financiamento?

    Dentro do SFH, os bancos não podem cobrar uma taxa de juros superior a 12% ao ano, mas há limites no valor do financiamento. Porém, fora do SFH, podem ser financiados imóveis com valores mais altos.

    Nos financiamentos com construtoras, há flexibilidade para negociar. Cabe às empresas definir o valor máximo que será financiado.

    O que ocorre quando o consumidor deixa de pagar as prestações antes do término da dívida?

    O banco pode entrar com uma ação judicial para ficar com o imóvel, que é leiloado. Esse valor é usado para pagar a dívida da pessoa com o banco e as despesas judiciais que o banco teve. O valor que sobra é devolvido ao consumidor.

    Em caso de atraso, os consumidores devem ficar atentos à multa e aos juros cobrados ao mês. A multa paga não pode ser maior que 2% em relação ao total da dívida. Os juros por mês de atraso não podem ultrapassar 1% do total da dívida.

    Documentos necessários:

    - RG (Carteira de Identidade), original e cópia
    - CPF (Cadastro de Pessoa Física), original e cópia
    - Comprovante de estado civil, cópia e original
    - Comprovante de renda, original e cópia

    Autônomos podem comprovar renda por meio do contrato de prestação de serviços, declaração do Imposto de Renda, declaração do sindicato da categoria, recibo de recebimento por trabalhos prestados ou uma Declaração Comprobatória de Recepção de Rendimentos (Decore), feita por contador.

    Além disso, os trabalhadores rurais, ambulantes, diaristas, barbeiros, cabeleireiros, doceiras, entre outros que não tenham conta em banco, devem preencher uma ficha de cadastro sob orientação do gerente, que irá informar quais são os documentos necessários para cada caso.

    - Certidão Conjunta Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais e Dívida Ativa da União; ou
    Certidão Conjunta Positiva com Efeito de Negativa de Débitos relativos a Tributos Federais e Dívida Ativa da União,
    extraídas da Internet no site da Receita Federal

    Dúvidas

    Caixa Econômica Federal (CEF): 0800-7260101 (de segunda a sexta, exceto feriados nacionais, das 7h às 20h) ou no site

    DEFESA DO CONSUMIDOR

    Veja mais informações sobre financiamento de imóveis

    Envie sua dúvida

    Fontes:
    Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip)
    Caixa Econômica Federal (CEF)
    Federação Brasileira dos Bancos (Febraban)
    Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon)



    Muitos de nós somos ensinados pelos pais a comprar a casa própria e, quando possível, investir em imóveis. As perguntas mais frequentes são: como ganhar dinheiro com imóveis? Que alternativas devemos considerar? Quais os riscos?

    É sabido que, quando o assunto é ter onde morar, alugar pode ser mais interessante que comprar. Com a economia mais dinâmica, crédito facilitado e demanda, surgem novamente boas oportunidades para aqueles que querem comprar um imóvel para alugar ou negociar. Ou seja, investir em imóveis pode ser um bom negócio. Pode. Que conta deve ser feita?

    O mais crítico ao investir em um imóvel é saber usar a métrica correta para avaliar o valor do aluguel e só então classificá-lo. Isso significa saber analisar se o montante recebido pelo aluguel é interessante diante de valores cobrados em imóveis similares. Não há consenso, mas o percentual mais aceito entre os especialistas é o que oscila entre 0,5% e 0,7% do valor do imóvel, ao mês, o que corresponde a respectivamente 6% e 8,5% ao ano.

    A conta é simples. Vamos assumir 0,6% e usar R$ 100.000,00 como valor do imóvel. Alugá-lo por R$ 600,00 seria considerado normal e dentro da faixa esperada. Esse balizador é importante para que você possa analisar regiões de preços diferenciados e(ou) alternativas para algum imóvel que já possui. Deixo meu testemunho particular: tenho um imóvel alugado por 0,87% de seu valor. Ele rende aproximadamente 10,5% ao ano, percentual considerado bastante elevado para um imóvel. Estou satisfeito.

    Quais as alternativas? Ganhar dinheiro com imóveis não é tão simples e trivial como nos ensinam os livros e familiares. Na verdade, nunca foi. Algumas boas alternativas para fazer patrimônio através de imovéis são:

    Comprar para alugar. Costumo dizer que o retorno mínimo aceitável de um imóvel residencial deve ser 0,7% ao mês, valor maior que os 0,6% praticados por especialistas. A razão pela qual uso 0,8% é bastante óbvia: retornos anuais próximos de 8% podem ser facilmente obtidos através de títulos públicos, algo muito menos arriscado. Sugiro que use o mesmo raciocínio;

  • Comprar para vender. De forma geral, pensando nos menos aventureiros, prefira comprar imóveis na planta para então revendê-los depois de prontos. Garimpar imóveis baratos e com potencial de alta não é tarefa fácil e requer muita disciplina;


  • Construir, lotear e vender. Essa alternativa requer maior conhecimento de engenharia civil e maior disposição de capital, mas é uma alternativa bastante lucrativa.


  • Não pretendo me aprofundar nas alternativas citadas, podendo assim explorá-las em futuros artigos. O texto atual permanece restrito ao imóvel residencial. Portanto, não faça julgamentos sobre esta ou aquela sala comercial usando as dicas deste post.



    Opinião de especialistas

    Nada melhor que ler alguns comentários de especialistas para refinar nosso conhecimento sobre o assunto e facilitar o juízo de valor sobre imóveis e seus ganhos. Em recente entrevista à revista Estadão Investimentos, a superintendente de Habitação da Caixa Econômica Federal, Vera Lúcia Vianna, sugere a compra na planta e posterior venda:

    Do primeiro tijolo ao final da construção, num período de um a três anos, é comum haver valorização de 20%.

    Renato Raglione, da Alfa Sul Capital, faz observação semelhante:

    Hoje, é mais negócio comprar para alugar.

    Dicas e cuidados

    Imóveis costumam ter liquidez baixa, o que significa dificuldade na hora de transformá-lo em dinheiro. Não se vende um imóvel do dia para a noite. Além disso, um imóvel parado e(ou) sem inquilino pode jogar seu rendimento morro abaixo. IPTU, despesas com condomínio e manutenção são grandes vilões e podem derrubar todo o raciocínio desenvolvido neste artigo.

    Por outro lado, imóveis são bens sólidos e tendem a ser belas heranças familiares. Além disso, quem vende um imóvel e compra outro em até seis meses não paga imposto de renda sobre o primeiro. Toda alternativa de investimento tem seus altos e baixos. Para evitar problemas, pesquise muitas alternativas antes de investir na compra de sua casa ou apartamento. Lembre-se de visitar várias imobiliárias, entrevistar moradores do bairro, estudar as redondezas e analisar a solidez da empresa e dos engenheiros responsáveis pela construção do bem.


    Quer saber como investir em imóveis ?
    Veja a seguir dez dicas para se dar bem neste mercado:


    Os imóveis sempre foram considerados no Brasil uma opção segura e atrativa de investimentos. Nos últimos anos, principalmente, a forte alta no preço dos empreendimentos fez com que muitas pessoas começassem a se interessar ainda mais por este este tipo de aplicação.

    E você, já pensou em investir em imóveis? Acha que eles ainda podem trazer uma boa rentabilidade? Então confira as dicas do vice-presidente do Ibef (Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças) e autor do livro “Imóveis, Seu Guia Para Fazer da Compra e Venda um Grande Negócio”, Luiz Calado:

    1 – Procure se antecipar às melhorias que podem valorizar as regiões

    Antes de decidir pela compra de um imóvel para investir, é importante tentar se antecipar às melhorias que podem valorizar as regiões. “Se o metrô já estiver naquela região, não dá pra ter nenhum retorno excepcional. Mas se ainda vão construir, se ainda estiver no planejamento, tem um potencial de valorização grande”, ressalta.

    Um grande centro comercial, ou um shopping center também podem valorizar a região e o imóvel. “Foi exatamente o que aconteceu ali naquela região do shopping Bourbon, perto do Parque Antártica (zona oeste da cidade de São Paulo)”, afirma Calado.

    Além disso, parques públicos também agregam valor às áreas em que estão integrados. “Os imóveis perto do Parque do povo (no Bairro do Itaim Bibi, em São Paulo) registraram uma grande alta”, diz Calado.

    2 – Converse com corretores antes de comprar

    O especialista lembra que os corretores têm acesso privilegiado às informações e a tudo o que está acontecendo no mercado imobiliário. “Se você mostrar para o corretor que tem interesse real de investir e que procura alguma oportunidade, ele vai trabalhar para você”, diz. “Às vezes, as pessoas querem investir sem falar com ninguém. Mas a escolha pode não ser o melhor investimento para o momento”, alerta.

    3 – Converse com quem mora e trabalha na região

    Pesquisar e obter informações sobre o local onde está localizado o imóvel é outra dica de Calado. “O comércio local, como mercadinhos, padaria, que atendem principalmente as pessoas daquele bairro, são ideais para pesquisar sobre a região. Geralmente as pessoas gostam de falar e é interessante você ouvir o que a pessoa acha do bairro, se tem aumentado demanda, quais são os problemas, etc”, aponta.

    Ele lembra que alguns investidores compram o imóvel sem ao menos visitá-lo, o que é um erro. “Tem que tomar muito cuidado com isso”, afirma.

    4 – Defina seu objetivo (ganho de capital ou aluguel):

    Antes de comprar um imóvel para investir, o especialista ressalta que é importante definir o seu objetivo: “Você quer ganho de capital (comprar apenas para revender depois, mais caro) ou rentabilidade com aluguel?” questiona. “Com base neste objetivo, converse com os corretores”, continua.

    5 – Controle a euforia em relação à rentabilidade passada – ela não garante ganhos no futuro

    O especialista lembra que comprar um imóvel é uma decisão que precisa ser muito bem pensada e estudada. “Não é só porque subiu muito nos últimos anos, que o investimento vai continuar dando um retorno expressivo”, diz.

    Por isso, ele recomenda que o investidor não se empolgue com o passado. “Quando você consulta o histórico de rentabilidade de um fundo de investimento, sempre tem a informação de que retorno passado não é garantia de retorno futuro. Para imóveis, deveria ter algo parecido”, diz.

    6 - Fique atento às oportunidades das incorporadoras

    Observar os anúncios de jornais com oportunidades das incorporadoras é outra dica de Calado. “Tenho visto grandes incorporadoras oferecendo as últimas unidades de um imóvel já pronto. Isso geralmente representa uma boa oportunidade para quem quer investir. Não é um imóvel usado, mas sim um recém construído”, afirma.

    7- Olhe para outras regiões e não apenas para perto de onde você mora

    Quem quer investir não deve restringir sua escolha à região onde sempre morou ou que mais gosta. “Não é só porque eu moro em um bairro que vou deixar de olhar uma ótima oportunidade em uma outra região da cidade”, afirma. “O investidor precisa ter uma visão mais abrangente”, continua.

    8 – Fundos imobiliários podem ser boa opção para investir em imóveis comerciais

    De acordo com o especialista, uma boa oportunidade também está surgindo com os fundos imobiliários que compram vários imóveis. “Acompanho a indústria de fundos há 11 anos e notei que o perfil desses fundos mudou um pouco. Antes, o fundo tinha um único imóvel. Agora, já existem vários fundos que levantaram capital para investir em diversos imóveis comerciais. Isso pode afetar positivamente este mercado, mesmo considerando que o preço do imóvel comercial já está chegando em um nível que inviabiliza grande altas”, diz.

    9 – Mantenha-se atualizado

    Buscar sempre mais conhecimento e se manter atualizado é outra dica importante para conseguir sucesso no universo dos investimentos em imóveis. “Atualize-se lendo os jornais, revistas e livros”, aconselha.

    10 – Não adianta ter pressa

    Por fim, o famoso ditado “a pressa é inimiga da perfeição” se encaixa bem quando o assunto é o investimento em imóveis. Por isso, o ideal é que o investidor tome suas decisões com consciência e sem afobação. “Não tenha pressa e evite entrar em uma euforia”, finaliza Calado.














Warning: file_get_contents(): php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/gbimoveis/public_html/index.php on line 298

Warning: file_get_contents(http://www.clicarimoveis.com.br/_portfolio_imoveis.php): failed to open stream: php_network_getaddresses: getaddrinfo failed: Name or service not known in /home/gbimoveis/public_html/index.php on line 298